domingo, 20 de janeiro de 2019
4399879315
Polícia

09/01/2019 às 16h02

Portal Curiúva

Curiuva / PR

SÃO JERÔNIMO DA SERRA: Mulher de 72 anos mata o marido de 87 anos e comete suicídio em seguida
A vítima se chamava Olímpio de Pontes, 87 anos, em começo de Alzheimer e a esposa, senhora Dalzina de Jesus Pontes, 72 anos.
SÃO JERÔNIMO DA SERRA: Mulher de 72 anos mata o marido de 87 anos e comete suicídio em seguida
Ilustrativa
Segundo o Dr. Flávio Junqueira, Delegado de São Jeronimo da Serra, o crime seguido de suicídio que aconteceu no Distrito da Vila Nova do Pote, já está elucidado.

 

O casal de idosos haviam sido vistos pela última vez, no  último domingo, 06, pela manhã.

 

Diante disso, a família notou que estranhamente os mesmos estavam ausentes, já que a filha não mora tão longe assim de seus pais.

 

E foi então que a Filha foi na noite de terça, 08,  na casa deles e encontrou a porta aberta e os corpos dos dois caídos no quarto já em estado de decomposição.

 

De imediato a Polícia Militar e o Dr. Flávio Junqueira, foram chamados no local.

 

E ao averiguar a situação, o Dr. Flávio Junqueira e Policiais presentes, notaram que o homem apresentava um tiro na nuca e o sangue que escorreu por todo o corpo. Havia um copo quebrado no chão, Supondo-se que na hora do tiro, o homem bebia alguma coisa. Ele estava estirado no chão, ao lado da cama. O tiro que acabou com sua vida, aconteceu na região da nuca.

 

E ao lado da cama, onde estava o homem, a mulher estava caída ainda na cama, com o braço direito estendido pra fora da cama.

 

E logo embaixo, onde estava o pé do homem, estava uma arma de fogo, calibre .32. que foi recolhida.

Depois de verificar a arma, a polícia confirmou quatro munições deflagradas e duas intactas.

 

De acordo com o Dr. Flávio, a dinâmica do crime está definida, a mulher atirou no marido e em seguida, se matou, atirando no seu próprio ouvido e caiu na cama e a arma ficando próximo ao pé do marido.

 

Na sequencia, foi encontrado pela família,  um bilhete com os seguintes dizeres...”NÃO AGUENTO MAIS, ADEUS”. Confirmando o crime, já que a letra seria da mulher. Ou seja, a esposa assassinou o marido e em seguida cometeu o suicídio.

 

A vítima se chamava Olímpio de Pontes, 87 anos, em começo de Alzheimer e a esposa, senhora Dalzina de Jesus Pontes, 72 anos.

 

 

Esse foi mais um crime seguido de suicídio que foi prontamente elucidado pelo Dr. Flavio Junqueira, delegado que atende SJ da Serra, Nova Santa Bárbara e Santa Cecília do Pavão, que teve em seu trabalho de 2018, todos os crimes elucidados, com os autores na cadeia aguardando julgamento.

 

FONTE: Blog do Chaguinhas

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium