Odonto Curiúva
Anúncio
Política

Criança cai do sexto andar após explosão em apartamento de Curitiba

Com a força da explosão, ela foi arremessada do sexto andar. Com politraumatismo, a vítima foi encaminhada em estado crítico a um hospital da região.

29/06/2019 13h02
Por: Portal Curiúva
353

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas após uma forte explosão acontecer dentro de um apartamento no bairro Água Verde, em Curitiba, na manhã deste sábado (29). O caso mais grave envolve uma criança de 11 anos. Com a força da explosão, ela foi arremessada do sexto andar. Com politraumatismo, a vítima foi encaminhada em estado crítico a um hospital da região.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a causa da explosão foi o vazamento em um botijão de gás. O caso foi registrado na cobertura de um prédio de seis andares. Com a explosão, as paredes cederam e estilhaços de vidro e concreto se espalharam pela região.

Em relação aos outros feridos, o caso mais grave envolve queimaduras. Um homem de 30 anos foi atendido no local e depois foi encaminhado para um hospital. O quadro de saúde dele é grave e há risco de morte.

Outros dois feridos na explosão – um homem de 27 anos e uma mulher de 23 – foram levados ao Hospital Evangélico com queimaduras, escoriações e, possivelmente, fraturas.

 

 

“O botijão provavelmente ficou vazando a noite toda e a explosão pode ter acontecido quando alguém acendeu a luz, gerando uma fagulha”, disse o tenente do Corpo de Bombeiros Thiago Vieira.

Explosão, fogo controlado e perícia

A explosão aconteceu às 9h40 deste sábado (29), na Rua Dom Pedro I, na esquina com a Rua Marquês do Paraná, no Bairro Água Verde, em Curitiba.

Após o acidente, o apartamento ficou em chamas. O fogo foi controlado às 10h30. Segundo os bombeiros, não há risco de novas explosões.

Moradores da região e pessoas que trabalham no entorno compararam o barulho à queda de um avião. A rua foi tomada por pessoas preocupadas com a situação. O perímetro foi isolado pelas autoridades de segurança.

“A Polícia Científica foi acionada e o trabalho de perícia vai determinar o que aconteceu. As causas do acidente ainda precisam ser investigadas”, concluiu o tenente Thiago Vieira.

* Com informações de Iara Maggioni

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.