SHOW - BANDA GAÚCHA EMBALO DA SERRA EM CURIÚVA
Anuncie aqui !
Grave

Insatisfeitos com novas regras do frete mínimo, caminhoneiros do Paraná se mobilizam

Nova regra entrou em vigor no fim de semana e deixou categoria insatisfeita com cálculo de custos

22/07/2019 11h19
Por: Portal Curiúva
Fonte: Banda B
280
Divulgação
Divulgação

Os caminhoneiros do Paraná estão insatisfeitos com as novas regras para o cálculo do frete mínimo de transporte de cargas. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) determinou, nesse fim de semana, que o cálculo do frete mínimo passe a considerar 11 categorias na metodologia. Para a categoria, as alterações calculam apenas o custo que o trabalhador tem nas estradas. Na região do Nordeste, caminhoneiros já escolheram pontos de parada para acelerar um encontro com o Governo Federal. No Paraná, as mobilizações se intensificaram na manhã desta segunda-feira (22), mas sem pontos de paralisação.

O líder da categoria Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, disse em entrevista à Banda B que os cálculos não levaram em consideração as últimas reivindicações da categoria. “Foi uma surpresa quando saiu a resolução, mas para mim porque eu já esperava isso. Eu não participei de nenhum encontro e já imaginei que essas audiências seriam apenas um circo porque já sabiam o que seria colocado. Nós que trabalhamos com cargas a granel e silo pressurizado levamos nosso estudo e tabela, mas nunca aceitaram esses números. Ali estava o custo e remuneração, o que não tem na tabela”, descreveu.

Na prática, para os caminhoneiros, a metodologia do cálculo da tabela do frete mínima não contempla o lucro. “Os valores têm apenas o custo. Para colocar uma tabela dessas, o Brasil primeiro precisa de uma reeducação de consciência. Nenhum embarcador e pouquíssimos empresários, donos de grandes transportadoras que repassam cargas para o autônomo, vão colocar um lucro para o caminhoneiro. Nessa tabela tem apenas o custo, somente o que o caminhoneiro gasta, não tem como trabalhar dessa forma”, detalhou.

Entre as categorias de cargas colocadas na metodologia para os diferentes cálculos dos pisos mínimos estão os transportes de graneis sólidos, líquidos, cargas frigorificadas, cargas conteinerizadas e transportes de cargas perigosas em diferentes modalidades, sólidas e líquidas.

A resolução também amplia os itens levados em consideração para o cálculo. Segundo a norma, o cálculo do piso mínimo de frete levará em consideração o tipo de carga; também serão aplicados dois coeficientes de custo: um envolvendo o custo de deslocamento (CCD) e, outro, de carga e descarga (CC) que levará em consideração o número de eixos carregados. A resolução determina ainda que será levada em consideração a distância percorrida pelo caminhoneiro.

Críticas

“Eu cheguei a pensar que eles teriam juízo e colocariam 30% de remuneração nessa tabela, que seria o que sobra para o caminhoneiro. Ele viaja, tem custo de pneu, combustível, manutenção e voltar sem dinheiro para casa”, criticou Dedeco.

Segundo ele, faltou gerência da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos. “Até agora o presidente Dilmar Bueno não fez um vídeo para dar satisfação para a categoria. O problema está sendo a falta de representatividade, quem deveria estar resolvendo esses problemas era, justamente, a CNTA. Ela tinha que sentar com outras confederações que representam a classe empresarial, mas quando sentam é só para tomar cafezinho e bater nas costas do outro, sem resolver o problema da categoria. Se eles não conseguem resolver, que fechem as portas”, disse o líder dos caminhoneiros no Estado.

Na quarta-feira (24), a categoria será recebida para uma agenda com o Governo Federal, em Brasília.

Paralisação

Para Dedeco, os movimentos grevistas dos caminhoneiros pode tomar corpo até o dia da reunião. “Os caminhoneiros estão na razão deles. Eu acho uma falta de responsabilidade de quem fez esse cálculo, da ANTT e da CNTA. Se tiver culpado para uma nova greve, eles é que serão. Eles estão querendo jogar no Governo, mas não é ele que resolve problema de classe. Deixar ao ponto de chegar onde já chegou, é muita irresponsabilidade”, disse ele à Banda B.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Curiúva - PR
Atualizado às 15h58
24°
Poucas nuvens Máxima: 24° - Mínima: 11°
24°

Sensação

5.2 km/h

Vento

42.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Futurama Supermercado
Farmácia DrogaMais Curiúva
Municípios
Posto Curiúva
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio